O que fazer numa escala no Panamá

O Panamá é o meio do caminho entre vários voos que saem do Brasil para os Estados Unidos, México, ilhas caribenhas e países da América Central. Se o voo é com a companhia panamenha Copa Airlines, a escala no aeroporto do Panamá é obrigatória.

Se essa conexão no Panamá faz parte do seu roteiro e tem pelo menos 8 horas, aproveite para conhecer o país. Você não vai se arrepender!

O que fazer numa escala no Panamá?

Se você tem uma conexão de mais de 8 horas na Cidade do Panamá, já vale a pena sair para conhecer os principais pontos da cidade. Você pode verificar as horas de chegada e saída dos seus vôos para se programar, além de definir o que gostaria de visitar. Veja abaixo algumas dicas sobre o que fazer durante uma escala na cidade do Panamá.

O que fazer na cidade do Panamá em um dia?

  • Canal do Panamá: obra que tornou o país mundialmente famoso, o canal liga o Mar do Caribe e o Oceano Pacífico por meio do istmo do Panamá. Existem eclusas nas extremidades, que levantam os navios e depois os descem ao nível do Pacífico ou do Atlântico. Desde a sua abertura em 1914 ele conseguiu encurtar o tempo e comunicação marítimas, impulsionando o comércio mundial. A visita ao Canal pode ser feita em média em uma hora e 45 minutos, incluindo o avistamento de navios e a visita às instalações, que trazem a história de sua construção, além de curiosidades e até um simulador de navegação.

              

  • Casco Viejo: Parte antiga da Cidade do Panamá, o Casco Antiguo ou Casco Viejo é o nome dado ao local onde foi refundada, em 1673, a Cidade do Panamá. A cidade precisou ser fundada em um novo local, após seu assentamento original (atual sítio arqueológico de Panamá Viejo), ser saqueado e quase que totalmente destruído pelos piratas ingleses comandados por Henry Morgan, em janeiro de 1671. A Coroa espanhola, em seguida, aprovou a transferência da cidade para uma pequena península, localizada a cerca de 8 km do assentamento original. Esta península é cercada por recifes que ficam expostos quando a maré está baixa, o que impedia a aproximação de navios inimigos. Esta nova cidade, desenhada em forma reticular em direção aos quatro pontos cardeais, também era cercada por muros, para maior proteção. Em 1997, o Casco Viejo foi incluído na lista dos sítios de Patrimônio Mundial da Unesco.

  • Causeway, ou Calzada de Amador: é uma avenida que liga o continente da Cidade do Panamá a quatro ilhas do Pacífico, que formam um pequeno arquipélago. As ilhas se chamam Naos, Perico, Culebra e Flamenco. O percurso começa em uma área perto da entrada do Canal do Panamá.A avenida foi construída em 1913 pelo governo dos Estados Unidos com as rochas escavadas durante a construção do Canal do Panamá. O lugar foi originalmente parte de um complexo militar dos EUA conhecido como Fuerte Amador, estabelecido para proteger a entrada do Canal do Panamá. Hoje, o Causeway é uma atração turística, com marinas, restaurantes, cafés e sorveterias, pistas para caminhar, correr e andar de bicicleta, mirantes, parques infantis e uma vista privilegiada, tanto da Baía de Panamá como da entrada do Canal.

Se você tiver um pouco mais de tempo, outros locais podem ser incluídos no seu roteiro, como Panamá La Vieja, Shoppings e outros locais de compras, BioMuseo, etc.

Para fazer esse roteiro de forma tranquila, passando pelos principais pontos e conhecendo assim a história de cada um, com paradas para comer, tomar um café ou comprar souvenirs, sugerimos o acompanhamento de um guia. Nós aqui do Guia Panamá fazemos esse serviço há oito anos e já atendemos mais de oito mil brasileiros.

Já tem a data da sua viagem? Consulte nossos serviços pelo email roque.freitas@gmail.com

Na nossa página do Facebook, você pode ver a opinião de alguns dos nossos clientes que fizeram passeios com a gente. São dezenas de depoimentos: https://www.facebook.com/pg/guianopanama/reviews

Já tem hotel no Panamá? Aproveite para reservar com um super desconto pela Booking, clicando aqui

Por que todo mundo só fala no Panamá?

Cinco razões pelas quais o Panamá já é o destino tendência entre os brasileiros

Destino turístico há pouco tempo desconhecido ou considerado exótico – no máximo usado como escala entre o Brasil e os Estados Unidos ou o Caribe – o Panamá está ganhando a cada dia que passa a preferência do brasileiros.

Com base nos mais de 8,000 brasileiros que já atendemos aqui no Panamá, como guias de Turismo, listamos aqui as cinco razões pelas quais o Panamá está se transformando rapidamente no destino turístico queridinho dos brasileiros:

Que cidade é essa?

A Cidade do Panamá é cosmopolita e ao mesmo tempo tem muita história. Com um passeio é possível conhecer a história da colonização, onde o Panamá era usado como rota do ouro extraído dos países da costa pacífica. O ouro atravessava  faixa de terra que separa os dois oceanos, chegando ao atlântico onde era embarcado diretamente para a coroa espanhola. Há uma parte da cidade em ruínas, justamente pelo ataque de piratas que vinham atrás desse ouro todo. Além disso, a cidade conserva muito bem seu centro histórico, o Casco Viejo, onde a maioria dos casarões do conjunto arquitetônico original está reformada,  restaurada ou em fase de restauração. Patrimônio Cultural da Humanidade tombado pela UNESCO, o Casco Antigo panamenho é cheio de vida, com suas igrejas, museus, restaurantes, lojas e cafés, um verdadeiro deleite para os turistas brasileiros, por suas opções culturais e gastronômicas. Além de tudo isso, a cidade ainda conta sua história moderna por meio do Canal do Panamá, uma das obras mais impressionantes já realizadas pelo homem. Desde o início da sua construção pelos franceses, até seu término pelos americanos, o Canal moldou, sem duvida, a historia e a cultura panamenhas de maneira peculiar.

San Blas e outras praia incríveis

As praias panamenhas são um grande atrativo para os brasileiros, com suas águas quentes e transparentes, de mil tons de azul e verde. As ilhas do arquipélago de San Blas, no Caribe,  sao únicas em vários aspectos, seja por sua beleza ou pela cultura de seus habitantes, os indígenas da etnia Kuna. Além disso, San Blas é um passeio que se pode realizar em um dia, saindo da Cidade do Panamá e voltando no mesmo dia, o que torna o destino ainda mais atrativo, ao combinar o turismo na cidade com a praia caribenha. Saiba mais sobre San Blas aqui nesse link.

Tem bons preços!

Os preços em geral no Panamá são considerados bastante razoáveis pelos brasileiros que visitam a cidade, especialmente se comparamos o Panamá com destinos no caribe. A começar pela grande oferta de hotéis, o que faz com que o preço médio de uma noite em um bom hotel, com boa localização, possa sair entre 90 e 120 dólares, dependendo da época do ano. Além disso, a enorme oferta de excelentes restaurantes também traz boas surpresas em relação ao custo das refeições. É possível encontrar ótimos restaurantes de frutos do mar ou menu típico panamenho por um preço médio de 25 dólares por pessoa,  para uma refeição com entrada, prato principal e sobremesa. A economia é dolarizada, o que facilita também para os brasileiros que trazem dólares, já que não há a necessidade de fazer câmbio para a moeda nacional, o Balboa.

Compras e mais compras

O turismo de compras  pode valer a pena no Panamá, principalmente para algumas categorias de produtos muito queridas pelos brasileiros como, tênis, óculos escuros, perfumes, maquiagem, brinquedos, algumas marcas de roupas e enxoval para bebês. Praticamente todas as marcas encontradas nos shoppings de Orlando e Miami, nos Estados Unidos, possuem lojas no Panamá (ou estão pensando em abrir uma).

Os shoppings costumam praticar promoções e descontos em diferentes épocas. Também existem várias lojas grandes, de departamentos, que possuem seções inteiras de roupas de marcas famosas que chegam dos Estados Unidos em lotes, a preços super convidativos. Confira aqui nesse link algumas dicas básicas de compras no Panamá.

Não precisa de visto

Em tempos de restrição a vistos de entrada para brasileiros nos Estados Unidos, o Panamá acabou se transformando no destino natural para os brasileiros. O país combina as atrações da cidade com as compras e, de quebra, ainda tem a maravilhosa costa do Caribe. É uma troca super favorável e vantajosa e o que é melhor: sem a necessidade de visto. Os brasileiros, para entrar no Panamá, precisam de passaporte com validade mínima de seis meses e a vacina da febre amarela, com certificado internacional de vacinação.


Além desses cinco pontos, é bom lembrar também que o Panamá está relativamente perto do Brasil: de São Paulo são apenas seis horas de voo. Há voos operados pela Copa, Avianca e Gol, saindo de várias cidades. E, para completar, o Panamá é um país bastante seguro e com um clima muito bom: faz bastante calor o ano todo.

Conheça aqui a experiência de alguns brasileiros que fizeram passeios com a gente no Panamá: https://pt-br.facebook.com/pg/guianopanama/reviews/

Já tem hotel no Panamá? Aproveite para reservar com um super desconto pela Booking, clicando aqui

Assessoria de Viagem: mais um serviço do Guia Panamá!

Se você está buscando a melhor experiência no Panamá, seja na cidade ou nas praias, fale com a gente!

San Blas tem as melhores praias no caribe panamenho no Panamá

Depois de atender a mais de 8 mil turistas brasileiros desde 2012 no Panamá, aprendemos muito sobre esse belo e acolhedor país.

Destino cada vez mais procurado pelos brasileiros, o Panamá tem de tudo: passeios culturais, ruínas históricas, praias, compras, gastronomia, o Caribe, as pescarias…

Mas, você sabe como aproveitar todo esse potencial? Sabe quais os melhores passeios e destinos de acordo com seu perfil? Nós sabemos!

Entre em contato com a gente, nos nossos canais (site Guia Panamá, Facebook ou Instagram) e nós podemos te ajudar a montar seu roteiro.

Veja mais informações nesse vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=6FimGxZIUcg